Gestão de Cartões

Preencha os campos com seu usuário e senha, caso não tenha entre em contato.

Login
Área Restrita

Preencha os campos com seu usuário e senha, caso não tenha entre em contato.

Login
Área Restrita

Blog

Saiba como um ERP pode te ajudar a reduzir custos em 2018

Início do ano é sempre um período de planejamento intenso para gestores. Entre as muitas questões que são avaliadas durante essa época, uma das principais dela é como reduzir custos no próximo ano de maneira assertiva, eficiente e impactante.

Se você está buscando reduzir custos na sua empresa em 2018, é hora de avaliar quais ferramentas podem te auxiliar nisso.

Quando se trata de gestão, a principal orientação para redução de custos está na adoção de um sistema de gestão integrada, também chamado de ERP.

- O que é ERP?
ERP, literalmente, significa "Enterprise Resource Planning". Em português, chamamos esses sistemas de sistema de gestão empresarial, software de gestão, sistema de gestão integrada etc.

Esses sistemas são softwares que integram em uma única plataforma os vários setores de uma empresa. Com base no cruzamento de informações oriundas dos diferentes setores da empresa, os ERPs conseguem automatizar tarefas que demandam esforço e tempo se feitas de outras maneiras.

Com um ERP, a gestão dos processos de compra, precificação, estocagem, vendas, comissionamento, financeiro, procedimentos fiscais e contábeis e até mesmo o controle de pessoal passa a ser centralizada. Com isso, processos do cotidiano como conciliação bancária, fluxo de caixa, fórmulas de comissionamento, análise de lucratividade etc, podem ser automatizados, uma vez que as informações de diferentes setores estão integradas.

- Como um ERP pode te auxiliar a reduzir custos?
Sim, pode soar estranho a princípio, mas a principal orientação para gestores que buscam reduzir custos é investir em um ERP.

É claro que isso significa destinar parte do seu planejamento orçamentário para comprar uma solução, no entanto o ROI é garantido. Os ERPs podem te auxiliar a reduzir custos e, mais do que isso, aumentar a sua lucratividade.
Informações centralizadas

Investindo em um sistema de gestão, você consegue centralizar as informações de todos os setores da sua empresa em um único lugar. Isso te auxilia a reduzir gastos de duas maneiras: primeiro, porque poupa o tempo que você e sua equipe gastam cruzando informações e, em segundo lugar, porque com esse tipo de controle você evita erros de lançamento.

Informações descentralizadas, espalhadas entre planilhas ou até mesmo registros manuais, podem acarretar diversos prejuízos para seus negócios. Falta de registro no controle interno de contas que geram problemas na conciliação bancária, ausência de baixas de estoque, vendas que não são registradas.

Sem contar a dificuldade que é encontrar informações que estão distribuídas entre diferentes documentos, o que faz com que processos que poderiam ser simples, como conciliação bancária, tornem-se muito mais complexos.

Além disso, a atualização de registros manuais e planilhas depende exclusivamente de pessoas e, por isso mesmo, está sujeita a erros de lançamento que podem ocorrer por uma série de motivos que vão desde erros de digitação até esquecimento.

Com um ERP, você pode dar adeus a esses problemas e deixar de ter prejuízos por conta disso.

- Processos integrados
Talvez o maior benefício de se contar com um ERP para apoiar sua gestão seja a integração de processos. Com os sistemas de gestão integrada, integrações de processos de diferentes setores são realizadas de maneira automatizada.

Por exemplo, um software de gestão permite que assim que uma venda for registrada, a baixa do item no estoque seja feita de maneira automática e a nota fiscal seja emitida. Essa integração não só poupa tempo, mas também te auxilia a manter todas as operações em dia com muito mais praticidade.

- Assertividade na tomada de decisões
Com um ERP, você consegue analisar com poucos cliques quais são seus produtos mais vendidos, os que menos têm saída, o que está sobrando no estoque e também o que precisa ser reposto. Com isso, você consegue realizar promoções assertivas, se antecipar na negociação com seus fornecedores e realizar uma compra melhor e até mesmo organizar fisicamente o seu estoque.

Além disso, alguns ERPs possuem um CRM integrado, o que permite que você acompanhe de perto o comportamento de compra dos seus clientes e consiga desenvolver estratégias de venda realmente aderentes aos seus consumidores, que te auxiliem a fidelizá-los.

Você também pode acompanhar o desempenho dos seus vendedores e definir fórmulas de comissionamento por meio do ERP, mantendo seu time de vendas motivado.

O ERP permite que você ampare sua tomada de decisões em dados e informações precisas, o que confere mais assertividade para suas estratégias e segurança nos seus próximos passos.

- Equipe enxuta e qualificada
Com mais operações automatizadas, você consegue aproveitar melhor sua equipe, potencializando ao máximo a eficiência de seus funcionários para além do operacional. Assim, você gasta menos com recursos humanos e consegue ter um time com mais qualidade.

Fonte: https://www.administradores.com.br/